30 de abril de 2021

Hoje em dia, o mercado é extremamente dependente da tecnologia. Inclusive, as redes sociais são uma ferramenta fundamental para qualquer empresa que deseja se manter relevante em seu nicho de atuação.

Por isso, saber como publicar nestas redes é um passo fundamental para que você consiga explorar melhor o conteúdo que deseja apresentar aos seus consumidores e aumentar suas chances de fechar mais negócios.

O engajamento nas redes sociais não é um elemento tão difícil assim de conquistar. Com alguns anúncios e outras estratégias simples, você logo estará repleto de likes e seguidores em sua conta.

Entretanto, o segredo do sucesso para empresas nas redes sociais é conseguir estabelecer um bom relacionamento com as pessoas. Assim, você conseguirá apresentar a muito mais clientes seus rótulos personalizados, por exemplo, ou qualquer outro produto.

Por isso, é importante que você tenha em mente todos os movimentos necessários para conseguir melhores publicações, alcançando assim um status muito mais adequado para sua empresa na internet.

1 – Conheça melhor o seu público

O primeiro passo para conseguir conquistar resultados positivos nas redes sociais é conhecer o público para quem você deseja falar. Mais do que simplesmente entender as pessoas que estão te seguindo, é importante definir seu público-alvo.

Inclusive, o público-alvo é o grupo de pessoas que possuem interesses em comum, e estão mais propensos a consumir seus produtos ou serviços. Defini-los é um trabalho que pode acabar gerando muito resultado para sua empresa.

Pensando no que foi dito, veja uma empresa de cenografia para eventos, por exemplo. Ela deve encontrar seu público correto para conseguir um bom engajamento nas redes, conseguindo assim vender muito mais.

Isso porque o público-alvo é definido a partir de experiências anteriores e pesquisas e relatórios que você consegue gerar de pessoas interessadas em manter um relacionamento com seu estabelecimento.

Dessa forma, você acaba encontrando padrões de consumo que pode utilizar com facilidade para conseguir aproveitar melhor suas possibilidades. Um bom empresário aproveita as informações sobre o público-alvo para direcionar:

  • Estratégias de marketing;
  • Ações de publicidade;
  • Qualidade do atendimento;
  • Possibilidades de engajamento;
  • Entre outras ações.

Dessa forma, você consegue o máximo possível de engajamento dentro de suas possibilidades. Assim, vender um adesivo refletivo, por exemplo, torna-se muito mais fácil nessas circunstâncias.

Entretanto, o público-alvo ainda é uma métrica genérica que, muitas vezes, pode acabar sendo prejudicada, uma vez que existe uma margem de rejeição em cima desse mesmo público.

Para conseguir um conteúdo mais assertivo, especialmente no momento de planejamento e elaboração das estratégias de marketing, a utilização das personas acaba sendo muito mais interessante.

A persona é uma idealização de um cliente, uma figura fictícia que acaba sendo muito interessante para testar suas ações, sobretudo as que você ainda tem dúvidas ou questionamentos.

Pense, por exemplo, que uma empresa de placas de aviso pode criar em sua persona alguém que precisa do produto, mas ainda tem dúvidas sobre a empresa. Dessa forma, é possível identificar as perguntas certas para converter mais público.

Lembre-se, a persona, entretanto, é muito similar a um ser humano real. Não é apenas um apanhado de informações soltas. Você precisa dar vida à sua persona, personalidade e uma existência completa.

Quanto mais informações você aplicar, melhores serão as respostas que ela oferecerá. Por isso, vá além das informações comuns como nome e endereço. Você precisa ir fundo no psicológico de seus clientes.

Sua persona deve ter medos, anseios, desejo e padrões, que auxiliarão na criação de suas campanhas de marketing com muito mais assertividade, encontrando os elementos principais que você precisa para conseguir determinar os melhores cursos de ação.

É importante também não tentar definir sozinho sua persona. Ela deve ser alvo de uma intensa pesquisa de mercado, identificando os pontos comuns de seus clientes, assim como a pesquisa do público-alvo, mas de forma mais detalhada.

Um empresário que acha que conhece seu público perfeitamente está fadado a falhar. Quem dita o que deve ser colocado em um mouse personalizado, por exemplo, é o cliente, e não o gestor.

Isso porque as pessoas são extremamente mutáveis, então, é importante que você se ampare em dados e informações corretas para começar a aplicá-las de qualquer forma.

2 – Comunicação é fundamental

A comunicação é um dos principais pontos do porque você deve usar as redes sociais em sua empresa. Boa parte de uma negociação depende da experiência que o usuário está tendo no relacionamento com sua empresa.

Por isso, você precisa compreender que tipo de linguagem usar com seu público. A análise anterior também ajuda nesse aspecto, principalmente quando você entende os meios de consumir nas redes sociais que seu público está acostumado.

Lembre-se sempre que cada rede social tem uma forma própria de comunicação. Então, conseguir apresentar seus projetos de decoração, por exemplo, depende de compreender esse tipo de contato.

Algumas plataformas são bem informais e próximas, enquanto outras exigem uma comunicação mais séria e profissional. É importante achar um tipo de comunicação que se combine com a identidade da sua empresa.

Isso porque a comunicação deve seguir o padrão omnichannel, ou seja, você deve criar uma integração em seus canais de comunicação, onde todos falem a mesma língua, para uma facilidade de contato maior com o cliente.

O principal elemento de uma boa relação entre consumidor e marca é um bom relacionamento. Assim como o clima organizacional da empresa é importante, o clima entre consumidor e marca também precisa estar em uma boa posição.

Por isso, receber feedbacks deve ser um ponto constante em sua estrutura, garantindo assim que suas ações serão bem planejadas e não haverá problemas para a criação de novas ações de marketing.

Nas redes sociais, por sua própria natureza, a comunicação acaba sendo muito mais direta e interessante. Por isso, é importante que você consiga estruturar um bom elemento de conexão com seus clientes.

Assim, você acabará conseguindo um espaço maior no mercado, utilizando as redes sociais como uma escada para se tornar autoridade no mercado, aproveitando todas as mídias disponíveis para uma melhor utilização.

Uma boa forma de identificar a comunicação que você está apresentando para seus consumidores é se colocando no lugar deles. Você estaria satisfeito de ser atendido pela sua equipe? Consideraria comprar seus próprios produtos?

Esse tipo de questionamento é fundamental para criar um ambiente adequado, bem como para que você consiga vender melhor.

3 – Cuidado com cada plataforma

Existem diversas redes sociais no mercado, sendo que todos os dias novas opções surgem. Assim, empresas de desenvolvimento de software constantemente oferecem melhorias nas redes existentes e auxiliam na criação de novas.

Isso porque as pessoas gostam da interação que conseguem através das redes, e muitos grupos têm gostos e hobbies em comum, procurando assim algo que se adeque mais a suas vontades.

Se um grupo de pessoas prefere consumir conteúdo em vídeos, é provável que vá acessar uma rede social focada nesse formato. Já pessoas que gostam de imagens e de estilo de vida irão fazer o cadastro em algo que tenha mais a cara delas.

Embora seja ideal que você esteja presente no máximo possível de redes, é importante saber suas limitações de uso. Isso porque é muito mais relevante para sua empresa estar ativo em uma rede do que presente em várias sem publicar.

Uma boa forma de lidar com esse tipo de situação é colocando um colaborador como responsável pelas mídias digitais. Essa pessoa irá estudar e planejar seu conteúdo, identificando em quais redes você tem um melhor resultado.

Embora ainda não seja formalizado como uma profissão, muitas pessoas já trabalham especificamente com esse tipo de serviço, fazendo consultoria e análise de redes sociais de empresa para conseguir uma boa taxa de conversão usando as ações estipuladas.

4 – Humanidade acima de tudo

Uma das principais vantagens da rede social é a humanização do atendimento. As redes são, em sua base, formas de interação entre pessoas. Seja um grupo que tem gostos e hobbies em comum, pessoas que não se vêem a muito tempo ou familiares.

Por isso, as redes sociais são tão importantes e causam tanto impacto. As pessoas gostam deste tipo de interação e conforto de encontrar alguém que não viam há muito tempo.

Para conseguir explorar bem esses recursos, você também deve ser um humano. As pessoas dão pouca ou nenhuma atenção nas redes sociais para propagandas robóticas e automáticas, entretanto, uma interação com o público demonstra muito mais atenção.

O cliente de hoje quer se sentir valorizado, compreender que ele é especial para a empresa. Então, as redes sociais permitem exatamente que você consiga explorar esse poder de interação e se aproxime de verdade de seus consumidores.

Considerações finais

As redes sociais são um fenômeno no mundo digital, e a cada dia milhões de novos usuários acessam cada uma destas diferentes plataformas.

Por isso, saber o que publicar e como publicar é fundamental para você conseguir um bom engajamento e aumentar as capacidades de conversão que sua empresa pode conseguir. Dessa forma, é muito mais fácil explorar o potencial das redes para suas vendas.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Write a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *