Marketplace saiba mais

10 de março de 2021

O que é Marketplace? Em meio à pandemia de 2020, parece que ouvimos falar cada vez mais sobre isso, não é mesmo? Pois bem, este artigo foi criado justamente para quem  ainda têm dúvidas sobre esse tipo de negócio online e como pode ser criado um aplicativo nesse formato. 

Por isso, acompanhe nosso apanhado de dicas e sugestões para você se inteirar do assunto o que é marketplace!

O que é Marketplace – A origem

Esse modelo de negócios denominado Marketplace, trata-se de uma plataforma onde diferentes lojas e/ou pessoas comercializam seus produtos naquele mesmo local. Se o lojista tiver interesse em vender seus produtos em um Marketplace, ele precisa se cadastrar e cadastrar seus itens à venda para que em troca de uma taxa, a plataforma ofereça estrutura e divulgação para ele.

O que é Marketplace – Principais formas de lucrar

Se você pensa em gerir um Marketplace e já se preocupou com os diversos gastos que isso deriva, tais como TI, hospedagem de site, manutenção, etc, saiba que as maneiras de lucrar com esse tipo de negócio também são bastante atraentes. Fique atento que nós vamos listar algumas a seguir:

Assinatura: Você pode cobrar dos seus parceiros uma assinatura mensal ou anual, podendo ser uma opção interessante se você não tiver como intermediar as transações dos negócios que estiverem hospedados ali.

Freemium: É possível também fazer a ótima estratégia de grátis, porém, versão premium com mais benefícios. Por exemplo, você oferece o Marketplace gratuitamente e nem cobra comissão sobre as vendas, porém oferece uma taxa por fornecer ferramentas adicionais que podem ser as mais diversas, desde aquelas que melhorem a visibilidade dos produtos daquela loja/vendedor ou até que ofereça alguma opção de entrega diferenciada.

Comissão sobre as vendas: O jeito mais comum encontrado nas plataformas de Marketplace atualmente. A forma que eles encontram para monetizar e lucrarem mais é cobrar sempre uma pequena taxa de comissão em cima de cada produto vendido, dependendo do percentual de cada um. Pode-se combinar com o lojista também uma taxa fixa.

Diferença entre Marketplace e E-commerce

A principal diferença entre Marketplace e E-commerce é que enquanto o primeiro é como um “shopping virtual”, repleto de lojas independentes vendendo seus produtos em uma mesma plataforma, o segundo é uma loja online própria e exclusiva da sua marca. 

Ambas as estratégias de vendas têm seus prós e contras. O que você pode fazer é investir nas duas, ir ganhando dinheiro com o Marketplace enquanto constrói o nome e reputação da sua marca no E-commerce ou ainda integrar as duas compartilhando dados e otimizando e ampliando o trabalho, o que vai aumentar muito as oportunidades de vendas para ambos os negócios.

Como criar um aplicativo no modelo de Marketplace

Agora como combinado no início do artigo, vamos dar algumas dicas de como criar um aplicativo nesse modelo de negócios tão lucrativo e interessante para você também ser um empreendedor tecnológico!

Se você quer dominar o mercado mobile também, preste atenção às seguintes dicas a seguir:

  • Logo após escolhidas as ferramentas, chegou a hora de fazer os cálculos de gastos de investimento. Os valores vão depender do tamanho do aplicativo e da complexidade do projeto.
  • Na hora de lançar o aplicativo, é importante lembrar de criar um cadastro da loja de aplicativos para que ele fique disponível para download, mas não tenha medo de investir em app marketing, pois isso garante um retorno seguro e a certeza de uma ampla divulgação para o seu aplicativo.
  • Escolha bem seus parceiros de negócios, não se esqueça de ser muito criterioso! Ao entendermos o que é Marketplace, podemos ter a dimensão do que será trabalhar com uma gama maior de pessoas e isso pode tanto ser vantajoso quanto trazer problemas. No início do seu negócio, não tenha medo de definir alguns requisitos que os lojistas precisam preencher para poderem se encaixar e fazer parte do seu hall de parceria.

Permita avaliações dos consumidores. Assim você conseguirá ter uma ideia se a reputação dos seus parceiros é boa e se eles cumprem o que prometem aos consumidores. Até mesmo porque, feedbacks são sempre interessantes para autocrítica e vermos o que pode ser melhorado ou ajustado aqui e ali vez ou outra.

Não se esqueça da sua responsabilidade como intermediador entre lojista e consumidor! O que vai garantir o sucesso ou fracasso do seu aplicativo de Marketplace é justamente a sua postura nessa função. Por isso é importante que você deixe claro qual a sua política de comissão mediante as porcentagens de venda e o que você espera dos lojistas.

Enfim, para consolidar sua marca no mercado mobile, é fundamental que você garanta plena satisfação de seus clientes, tanto os parceiros lojistas quanto os consumidores e para te ajudar com isso.

Write a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *